Faixas de ônibus em TODA a cidade, 24h por dia, todos os dias da semana

No ar há 7 anos em Transportes e Trânsito
Square avatar blank
Cozinheiro da mobilização
Faixas de ônibus em TODA a cidade, 24h por dia, todos os dias da semana

Os engarrafamentos são causados pela disputa do espaço viário entre motoristas de veículos pequenos particulares (frequentemente sub-utilizados, sem caronas), e um transporte coletivo ainda pouco planejado (em geral, ônibus lotados).

O artigo abaixo explicita bem a grande importância das faixas seletivas: http://www.blogdacidadania.com.br/2013/10/vergonhoso-editorial-do-estadao-sobre-faixas-de-onibus-em-sp/

É imprescindível garantir uma reserva de faixas nas atuais vias urbanas para o transporte rodoviário mais eficiente e sustentável que temos disponível: os ônibus urbanos.

É uma medida de justiça social, garantindo que milhões de trabalhadores, a maior parcela da população, que não pode arcar com os altos custos do automóvel, passe menos tempo no trânsito;

É uma medida de segurança viária, já que, pelo ordenamento das vias, reduz as perigosas disputas por espaço viário e ultrapassagens nas ruas;

É uma medida de redução de dano ambiental, já que, promovendo um transporte mais eficiente, menos poluição é gerada.

Por todos os motivos apresentados, estas faixas deveriam funcionar 24h por dia, todos os dias da semana, fazendo no máximo algumas concessões para outras modalidades de transporte (táxis com passageiros e automóveis com carona) em horários de menor movimento. Devem também ser previstas em lei, regulamentando cada vez melhor seu funcionamento.

Além disso, elas precisam atender a todas as regiões da cidade. A experiência acumulada com as BRS já implementadas, deveria acelerar esta expansão.

Sugiro a seguinte ordem de prioridades:

  1. Vias de trânsito rápido (com CORREDORES de ônibus convencionais, ou vias segregadas de BRTs), nesta ordem: Centro, Z. Sul, Tijuca, Z. Norte, Barra, Z. Oeste (esta ordem segue a lógica de antender regiões de maior demanda ou densidade populacional primeiro).

  2. Vias arteriais (com faixas SELETIVAS para ônibus, sinalizadas no asfalto com uma linha BRANCA contínua, ou BRS), na mesma ordem de regiões anterior.

  3. Vias coletoras (faixas SELETIVAS, idem anterior), na mesma ordem de regiões anterior.

O objetivo final é transformar, o mais rápido possível, a malha rodoviária da cidade numa grande rede de transporte coletivo, em que este circula com maior facilidade por todas a regiões, e ganha mais possibilidades de planejamento, de eficiência e de evolução.

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: