Square nfrlza4
Esta mobilização foi selecionada por Minha Ouro Preto. Saiba mais sobre a seleção, clique aqui.

Junt@s por uma Delegacia da Mulher em Ouro Preto!

No ar há 1 ano em Direitos Humanos
Square 393028 10151442661640676 945733820 n
Cozinheira da mobilização
Junt@s por uma Delegacia da Mulher em Ouro Preto!

“Era madrugada, tínhamos ido a uma festa de formatura de um amigo numa república estudantil em Ouro Preto - MG. Estávamos entre amigos e a festa estava ótima, até que um ex-aluno da república começou a assediar uma das minhas amigas, ele tentou beijá-la à força e ela recusou. Ainda insatisfeito, ele começou a nos intimidar, nos rodeando pela boate. No momento em que ela nos contava o que tinha acontecido, ele já estava assediando outra amiga, ele segurava forte o braço dela sem soltar, e ela num ato de desespero mordeu a orelha dele que a empurrou pelo pescoço. Eu e mais outra amiga fomos acudi-la, mas de repente me vejo no chão sendo levantada por amigos, nós tínhamos sido agredidas, eu estava com o queixo machucado e ela com um soco no olho. Fomos levadas à delegacia enquanto o autor quebrava a casa inteira afastando todos que poderiam segurá-lo. Ficamos até às 5h da manhã na delegacia para fazer o boletim de ocorrência. Não sei se teríamos denunciado caso não tivéssemos tido o apoio de outros amigos e amigas que estavam na festa.”

Esse é o relato do caso de agressão ocorrido com Nara! Casos como esse, ou ainda mais graves, acontecem a todo o momento em Ouro Preto e região, crimes cometidos contra as mulheres pelo simples fato de serem mulheres.

Nossa região não possui uma Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM). Isso quer dizer que as mulheres não possuem um espaço de atendimento especializado, direito conquistado desde a instalação da primeira DEAM, em 1985, na cidade de São Paulo. Desse modo mesmo em estado de fragilidade física e psicológica a mulher tem que lidar com o despreparo dos profissionais que realizam o atendimento na delegacia comum.

Um atendimento especializado garante proteção jurídica; proteção policial, quando necessário, encaminhamento da vítima ao hospital ou posto de saúde, transporte para a vítima e seus dependentes para abrigo ou local seguro, quando houver risco de vida, acompanhamento da vítima para assegurar a retirada de seus pertences do local do ocorrido, dentre outros apoios.

Não podemos permitir mais que as ouro-pretanas vítimas de violência não tenham acesso ao atendimento especializado! Por isso precisamos nos unir para que uma Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher seja criada na região dos Inconfidentes!

Envie sua pressão agora garantir o acesso aos serviços de segurança pública especializados às nossas mulheres!!!

Estima-se que ocorreram, em média, 5.664 mortes de mulheres por causas violentas a cada ano, 472 a cada mês, 15,52 a cada dia, ou uma a cada hora e meia. As Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) representam o reconhecimento da violência contra a mulher como um crime e implicam a responsabilização do Estado no que se refere a implantação de políticas que permitam o combate a esse fenômeno. A instalação de uma DEAM constitui-se de um processo político e que depende apenas da aprovação do poder público estadual.

No mês de março comemoramos do dia internacional da mulher, e queremos aproveitar o momento para enviar nosso pedido ao governador e ao secretário de defesa social para que uma delegacia especializada de atendimento à mulher seja criada em Ouro Preto e região!

Clique e envie sua pressão agora para que as mulheres vítimas de violência da nossa região tenham acesso aos serviços de segurança pública especializados!!!

Fontes: Lei Maria da Penha - http://www.jusbrasil.com.br/topicos/10868460/artigo-8-da-lei-n-11340-de-07-de-agosto-de-2006

Artigo sobre a falta de delegacias especializadas - http://professoraalice.jusbrasil.com.br/artigos/121814298/falta-de-delegacias-especializadas-outra-forma-de-violencia-contra-a-mulher

30 anos de Delegacia da Mulher - http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2015-08/ha-30-anos-delegacia-da-mulher-deu-inicio-politicas-de-combate

Normas Técnicas DEAM's - http://www.desaparecidos.rs.gov.br/upload/1443533686normatecnicadepadronizacaodasdeams_.pdf

Deixe seu comentário