Casa do Silveirinha - Centro de Memória e Cultura de Bangu - EU QUERO! #FIMDOVETO

No ar há quase 5 anos em Cultura
7xqaysb
Cozinheiro da mobilização

Atualmente está em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro o Projeto de Lei 113/2015, que determina o tombamento, como patrimônio histórico e cultural do estado do rio de janeiro, o centro de Cultura e Memória de Bangu - Casa do Silveirinha (CMB), localizada no bairro de bangu, município do rio de janeiro. Infelizmente o projeto foi vetado pelo governador Luiz Fernando Pezão.

Conforme o link: http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/scpro1519.nsf/18c1dd68f96be3e7832566ec0018d833/457c37e3ce8a3fa783257dff0062341c?OpenDocument

Contexto:

O Movimento Pro-Casa do Silveirinha criado em 12 de Fevereiro de 2011, vem com intuito de valorizar a cultura e sua memória histórica, inflada após o jogo do Bangu e Botafogo, realizado na semifinal do Segundo turno do Carioca de 2012, elevando uma auto estima adormecida, reacendendo os corações dos moradores e simpatizantes de Bangu, numa história repleta de característica única, sua fábrica, seu time de futebol, o samba na região e seu povo.

Entretanto, atualmente, o bairro não conta com um lugar que de liberdade e autonomia para sua população conhecer sua história. Apresenta-se então, uma proposta para a criação de um centro de memória para que a história, a memória, a cultura e o patrimônio de um dos bairros de maior importância no cenário político, econômico e social do estado seja preservado, mantendo questões relevantes para a compreensão da importância do bairro e daqueles que o habitam, a saber: quem somos, de onde viemos, quais são as nossas características, quais são as formas de expressão, organização e produção que melhor exprimem nossa identidade, que melhor respondem às nossas aspirações.

A proposta de implantação da Casa do Silveirinha coloca-se num contexto de recuperação e preservação social, cultura e ambiental. O local onde essa casa está situada é uma região privilegiada, pois situa-se no centro do bairro ao lado da Igreja de São Sebastião e Santa Cecília na Praça da Fe. Além de um espaço cultural, pretendemos transforma-la em um espaço aberto à comunidade destinados a cursos profissionalizantes que possam atender a demanda da mesma e possíveis serviços a serem prestados tais como shows, pecas teatrais, exposições entre outros com o cunho de formar cidadãos para gerações futuras.

A proposta de implantação da Casa de Cultura e Memória – Casa do Silveirinha, pelo descrito acima, pretende ser uma forma de gerar conhecimento, pesquisa e desenvolvimento de uma região de grande apelo cultural, mas que apresenta poucos investimentos no ramo. Poderá ser, também, local no qual as regiões do subúrbio carioca estarão representadas, mostrando suas características próprias, sua história e seus diferenciais, servindo como plataforma para futuros projetos semelhantes em outros bairro.

A desvalorização da história como um todo deve começar a sofrer transformações a partir do momento que a sociedade compreenda o seu valor, nem submeta sua tradição aos valores depreciativos.

Acompanhe: www.facebook.com/casa.dosilveirinha

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: