Vitória! Esta campanha foi encerrada há mais de 1 ano

No Dia Internacional do Combate à Violência Contra a Mulher, deixe seu recado para o secretário Pedro Paulo

No ar há quase 2 anos em Direitos Humanos
Square avatar blank
Cozinheiro da mobilização
No Dia Internacional do Combate à Violência Contra a Mulher, deixe seu recado para o secretário Pedro Paulo

O secretário municipal de governo e pré-candidato à prefeitura, Pedro Paulo, admitiu que espancou sua ex-mulher, Alexandra Marcondes. Ainda assim, tanto ele quanto o prefeito Eduardo Paes tentaram minimizar o caso, dizendo ser apenas um "momento de descontrole", uma discussão "exagerada".

Violência contra a mulher não é assunto familiar, nem de política partidária: é uma questão pública. No ano passado, 56 mil mulheres cariocas foram vítimas de agressão.

Hoje, 25 de novembro, Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, vamos ligar para o gabinete de Pedro Paulo e mandar nosso recado: não aceitaremos espancador de mulher em cargo público!

Coloque seu telefone no formulário ao lado e nosso sistema vai conectar você ao gabinete de forma gratuita!

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: