Square wdelsxk
Esta mobilização foi selecionada por Minha Garopaba. Saiba mais sobre a seleção, clique aqui.

Melhorias para a SC-434!

No ar há mais de 2 anos em Transportes e Trânsito
Square fullsizerender  2
Cozinheiro da mobilização
Melhorias para a SC-434!

No dia 24 de fevereiro de 2010, a professora Maria Reni Jung, de 59 anos, perdeu a sua vida quando vinha de bicicleta do bairro Encantada em direção ao Centro de Garopaba, pela SC-434 - estrada que liga a saída da BR 101 ao centro de Garopaba. Infelizmente, ela não foi a única. Desde que foi inaugurada, sem acostamento nem ciclovia, a rodovia tem produzido muita dor e tristeza aos parentes e amigos de suas vítimas. E muita insegurança em quem anda por ela, seja a pé ou de bicicleta. Há escolas e um grande número de crianças circulando por ali todos os dias!

Inúmeras tentativas foram feitas nos últimos anos, e nem mesmo as manifestações emocionadas, como a pintura de borboletas nos lugares onde pessoas morreram na rodovia, foram suficientes para sensibilizar e comprometer os responsáveis por criar condições seguras para as pessoas - o Governo do Estado e o DEINFRA, Departamento Estadual de Infraestrutura.

A cada ano, o número de atropelamentos e mortes só aumenta. Em 2010, no ano em que morreu Maria Reni, morreram mais 5 pessoas e 51 ficaram feridas. Esses números fizeram com que pela primeira vez a SC-434 despontasse na lista das rodovias mais perigosas do Estado de Santa Catarina, segundo a Polícia Militar Rodoviária.

A situação é tão séria que no estudo “O que SC precisa?” feito pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina e apresentado em 2014, a duplicação da SC e a criação da ciclovia é o primeiro item de infraestrutura a ser apontado.

Mas parece que para o DEINFRA, órgão do Governo do Estado, as vidas perdidas em Garopaba não importam, pois esse assunto até hoje não é prioridade. Em 7 de março de 2012, numa reunião pouco divulgada, na Escola do Pinguirito, foi apresentado à comunidade um projeto de duplicação da SC e criação de uma ciclovia, que foi questionado em dois pontos: a real necessidade de um elevado no Campo D´Una e uma via alternativa que passaria em frente à escola, numa rua sem saída e de largura de apenas 7 metros. Numa segunda reunião, a própria comunidade se encarregou de apresentar sugestões, que os técnicos do DEINFRA levariam para ser analisadas.

De lá pra cá, nada aconteceu. Apenas novas promessas foram feitas. Novos prazos e nenhuma ação! E, enquanto isso, não param os atropelamentos e mortes, causando tristeza e revolta em toda a comunidade.

Não podemos mais esperar! Antes da próxima morte, vamos exigir que o presidente do DEINFRA, Wanderley Agostini, se comprometa a apresentar um projeto imediato para a criação de uma ciclovia e outras soluções urgentes, como a ativação da lombada eletrônica, hoje desligada, e a adaptação e sinalização adequada da rodovia nos locais de retorno e nos pontos críticos onde se concentram os maiores números de acidentes.

Junte sua voz à nossa, preenchendo a caixa ao lado para enviar seu e-mail de pressão ao presidente do DEINFRA. Se mostrarmos a ele que somos muitos cidadãos atentos a este assunto, ele vai ter que nos ouvir.

Fontes

Estudo "O que SC precisa?" que coloca a duplicação e ciclovia na SC-434 como prioridade.

O problema da SC-434 é notícia na imprensa há muitos anos. Veja aqui a preocupação de um morador denunciando.

Notícia na imprensa sobre a consulta pública do projeto que nunca saiu do papel.

Notícia sobre a obra de revitalização da rodovia que seria realizada em 2014, mas ficou só na promessa.

(Vídeo divulgado pelo radialista Toninho Linhares em 19 de janeiro de 2016 mostrando a situação da rodovia na conhecida "curva dos búfalos".)

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: