Square square ebp12gw
Esta mobilização foi selecionada por Minha Sampa. Saiba mais sobre a seleção, clique aqui.

Alckmin, não censure a campanha nos ônibus!

No ar há 2 anos em Direitos Humanos
Square fd12f54ee8879ea0d657890ab92a9d8a
Cozinheira da mobilização
Alckmin,  não censure a campanha nos ônibus!

Censura, censura! É isso que a EMTU acaba de fazer em relação à recém lançada campanha “Da Proibição Nasce o Tráfico”. Ilustrada com imagens de cartunistas famosos como Laerte e Angeli, tem como objetivo debater o atual modelo de combate às drogas e quem ganha com ele.

Proibir a veiculação dessas imagens nos ônibus - como fez a EMTU - é evitar o debate sobre uma política pública que não está dando certo. Mas a decisão pode ser revertida se mostrarmos que essa censura não vai ser tolerada! Use o formulário ao lado para enviar um e-mail aos responsáveis e mostre que não vamos nos calar.

A aparente alegação de “apologia às drogas” claramente não tem cabimento, já que os cartazes questionam a estratégia pública e em nenhum momento estimulam o consumo. O STF (Supremo Tribunal Federal) já decidiu que defender a mudança da política de drogas não é apologia ao crime, e sim exercício do direito de manifestação. Aceitar que o governo ameace a liberdade de expressão de cidadãos que o criticam é retornar às práticas da ditadura!

Se essa censura permanecer oculta e sem questionamento, esse tipo de decisão autoritária pode se repetir. Mas podemos fazer a EMTU voltar atrás enviando centenas de e-mails de pressão todos os dias!

Envie agora mesmo sua mensagem ao Governador Geraldo Alckmin, para o Diretor-Presidente da EMTU, Joaquim Lopes da Silva Júnior e para o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, exigindo que retire essa proibição e voltem com a campanha.


Fontes:

Campanha | Da Proibição Nasce o Tráfico

Pesquisa de Jurisprudência no STF

Terra | Campanha com cartuns de Angeli e Laerte é "censurada" em SP

VICE | São Paulo Proíbe Campanha que Discute Legalização

Deixe seu comentário