Bicicleta nas Barcas!

No ar há quase 6 anos em Transportes e Trânsito
Square 1118701 100002048567435 2094855912 q
Cozinheiro da mobilização
Bicicleta nas Barcas!

Essa é uma continuação da campanha vitoriosa 'Barca não é Avião' que conseguiu uma resposta do Secretário de Transportes, Júlio Lopes, comunicando a revisão imediata da decisão de cobrar por excesso de bagagem nas barcas e o fim da limitação de transporte de cargas e volumes em Paquetá.

Aproveitando que o Secretário, a Agência Reguladora e a Concessionária pararam para revisar a deliberação 84/2006, exigimos que revoguem imediatamente a cobrança pelo transporte de bicicletas nas embarcações.


A entrada de bicicleta nas barcas sob o pagamento de uma tarifa é uma polêmica que há anos vem sendo questionada pelos usuários, pela mídia e até mesmo pela justiça.

No ano passado, o Ministério Público se posicionou contra a tarifa e segundo o desembargador Adriano Celso Guimarães, "é descabida a equiparação do transporte da bicicleta com o de carga e bagagem."

Na época a concessionária conseguiu recorrer e voltou a cobrar a tarifa atual de R$4,70 pela bicicleta, além da passagem do usuário. O enorme preço vai contra uma política de incentivo do uso da bicicleta como transporte alternativo ao caótico trânsito que cresce a cada dia nas cidades.

O argumento de que a bicicleta é liberada no contrafluxo não garante aos passageiros a possibilidade de substituir o carro ou os superlotados ônibus por bicicletas, já que nos horários mais movimentados elas voltam a ser taxadas.

Segundo o jornal O Fluminense, em maio desse ano, apenas cerca de 60 passageiros faziam a travessia com bicicleta todos os dias. Um número nada significativo para a melhora do sistema de transporte.

Se a nova concessionária compartilha das mesmas posições da antiga, com certeza comprará uma briga com o usuário e com a justiça, que passaram anos apontando os erros e exigindo mudanças.

Queremos que seja retirada a tarifa do transporte das bicicletas e que se inicie uma adaptação das estações e das embarcações para que os motivos como 'diminuição no tempo de embarque' e 'excesso de espaço ocupado' não sejam justificativas e sim problemas a serem solucionados.

Vamos aproveitar para seguir pressionando o Secretário Estadual de Transporte, Júlio Lopes, que se diz um verdadeiro entusiasta das bicicletas (como assume no seu programa 'Rio Estado da Bicicleta' e no seu livro 'Bicicleta, a Cara do Rio'), e a Agência Reguladora de Transportes que, pela primeira vez, parece ter respondido as exigências da população quando o assunto é Barcas. Exigimos que a revisão da deliberação 84/2006 contemple o fim da cobrança pelo transporte de bicicletas nas embarcações.

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: