Vitória! Esta campanha foi encerrada há quase 3 anos

Vamos substituir a revista íntima manual pela revista mecânica!

No ar há quase 3 anos em Direitos Humanos
Square 39269 294137267359179 1600066828 n
Cozinheiro da mobilização
Vamos substituir a revista íntima manual pela revista mecânica!

Nesta terça-feira dia 10/03, a Alerj votará o projeto de lei que põe fim à revista íntima manual nas visitas dos presos no estado do Rio. Mas o deputado Flávio Bolsonaro está tentando evitar que ele seja aprovado.

Chamado de revista vexatória, o tratamento que o projeto quer proibir é extremamente humilhante, brutal e violento: o agente pode exigir que roupas sejam tiradas e órgãos genitais manipulados e revistados, mesmo sabendo que existem métodos alternativos eficazes para prevenir a humilhação de pessoas inocentes. Em alguns casos a pessoa pode ser obrigada a se abaixar sem roupa, abrir a vágina e as nádegas, e até ficar de quatro. E quem vive essa violência, na grande maioria, são mulheres.

Na última quinta, dia 05, o projeto de lei que proíbe a revista vexatória entrou em pauta mas teve que ser retirado da votação por uma manobra do deputado Flávio Bolsonaro, que não quer sua aprovação. Se não pressionarmos os deputados, Bolsonaro poderá ganhar mais uma vez. Não podemos permitir que milhares de mães, avós, esposas, filhas e parentes que formam as filas de visita nos presídios do Rio continuem vivendo com a violência diária da revista vexatória!

Existem métodos muito mais eficazes de controle de entrada de objetos ilícitos em presídios, como a revista mecânica ou a revista do preso, não da família. Detectores de metais, por exemplo, são usados em agências bancárias e até mesmo no acesso ao parlamento.

A chamada revista vexatória é desumana, e já foi abolida em outros estados brasileiros. Agora, temos pouquíssimo tempo para mostrar aos deputados do Rio que não toleraremos mais esse tipo de abuso e violência contra os cidadãos cariocas e fluminenses. Juntos, vamos enviar milhares de emails e fazer milhares de ligações pedindo o fim da revista vexatória. Afinal, se Bolsonaro vai continuar pressionando de um lado, temos que começar a pressionar do outro.

Fontes:

Projeto de lei 77/2015

Projeto de lei quer proibir revista íntima

Revista vexatória é proibida em São Paulo

Informativo Rede Justiça Criminal

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: