Não foi dessa vez... Esta campanha foi encerrada há quase 6 anos

Deputados, não aprovem a destruição de nossas florestas e rios.

No ar há quase 6 anos em Meio Ambiente e Direitos dos Animais
Square 1800429 1477406022548902 1977819847723577827 n
Cozinheiro da mobilização
Deputados, não aprovem a destruição de nossas florestas e rios.

Apesar da grave crise da água em São Paulo e da importância das florestas para proteger nossos recursos hídricos e nosso bem estar, um grupo poderoso de deputados na Assembléia Legislativa, com apoio do Governador Geraldo Alckmin, quer aprovar o projeto de lei 219/14, que pode destruir nossas nascentes, rios e matas. O projeto pode ser aprovado a qualquer momento!

O PL do Desmatamento (219/14) que cria o Programa de Regularização Ambiental (PRA) foi colocado em regime de urgência para ser votado imediatamente, sem ter sido discutido amplamente. Como geralmente acontece no fim de Legislatura, os deputados aproveitam o clima de festa para tentar aprovar projetos na surdina. Se o PL do Desmatamento for aprovado, vamos destruir nossa vegetação, nossos mananciais de água e regularizar o desmatamento no Estado. Não podemos deixar isto acontecer!

Vamos enviar uma enxurrada de emails para os líderes dos partidos e autores do projeto exigindo que o PL seja arquivado e que outra proposta seja construída em conjunto com a sociedade civil. Temos pouco tempo para agir! Mande sua pressão agora no box ao lado.

Podemos destacar ao menos quatro pontos do PL que significam um retrocesso ainda maior que a lei federal, já apontada por muitos ambientalistas como ambíguo e decepcionante:

1 - Libera a “exportação” de florestas, pois permite que grandes imóveis rurais façam compensação de desmatamento até em outros Estados.

2 - Será o fim do Cerrado. O PL ameaça a restauração e conservação do pouco que sobrou do Cerrado paulista.

3 - A proposta perde a oportunidade de definir instrumentos de apoio e incentivo à conservação do meio ambiente, como os pagamentos por serviços ambientais (PSA), incentivos de proteção de nascentes e as compensações tributárias.

4 - O PL do Desmatamento, apresentado como “em caráter específico e suplementar sobre propriedades e imóveis rurais” traz artigos que tratam das áreas de preservação permanente (APPs) em áreas urbanas. Isso é contraditório com a proposta do projeto, que trata apenas das áreas rurais e abre precedentes perigosos.

Mande agora sua pressão para segurar a destruição de nossas florestas e nascentes.

A Aliança pela Água assina esta campanha.

Para saber mais veja (links com o PL e notícias):

Site da ALESP - Assembléia Legislativa de São Paulo | Projeto de lei Nº 219 / 2014

Site da ALESP | Acordo aprova urgência para projeto de regularização ambiental

Folha de SP - Tendências e Debates | Raul Telles, André Lima e Luís Fernando Pinto: Muito dito e pouco feito nos dois anos do Código

Fábio Feldmann - É a hora do governo de São Paulo agir

Observatório do Código Florestal | Recuperação do Cerrado sob ameaça

Estadão | Para ambientalistas, novo Código Florestal mantém anistia a desmatador

G1 | Modificações ao Código Florestal são decepcionantes, diz Greenpeace

G1 | Novo Código Florestal fez país perder até 40% de áreas protegidas, diz ONG

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: