Square square ebp12gw
Esta mobilização foi selecionada por Minha Sampa. Saiba mais sobre a seleção, clique aqui.

Queremos o Parque dos Búfalos! Sem prédios!

Square camara eu
Cozinheiro da mobilização
Queremos o Parque dos Búfalos! Sem prédios!

Em dezembro de 2013, o prefeito Fernando Haddad revogou o decreto de utilidade pública de uma área verde de quase 1 milhão de metros quadrados nas margens da Represa Billings, o que equivale a uma área verde de 104 campos de futebol. O decreto era um dos requisitos para a criação do Parque dos Búfalos, uma demanda dos 90 mil habitantes do Jardim Apurá, na Zona Sul, área pobre de São Paulo onde há carência de espaços verdes.

Sem o decreto, abriu-se caminho para que a Prefeitura, junto com os governos estadual e federal, construa 193 prédios com 3.800 apartamentos pelo programa Minha Casa Minha Vida. A demanda por moradias populares é legítima, mas a escolha do Parque dos Búfalos para esse projeto vai trazer graves problemas para toda a cidade:

-> Mais de 500 mil pessoas perderão importante espaço de qualidade de vida numa região carente de espaços de lazer e cultura - o parque mais próximo seria o Ibirapuera, a 20 Km de distância (duas horas de ônibus);

-> Destrói uma das pouquíssimas áreas que restam de Mata Atlântica em São Paulo;

-> Prejudica uma represa que abastece a cidade em meio a maior crise d'água de todos os tempos. Serão mais de 190 prédios perfurando o lençol freático com suas obras de fundação. As chances das 8 nascentes serem destruídas e poluídas é gigante.

-> A chegada de quase 20 mil pessoas na região agravará ainda mais os já existentes problemas de infraestrutura e escassez de serviços públicos, quando há diversas áreas mais adequadas para receber esse impacto.

Defendemos a construção de moradias populares que realmente atendam aos interesses da população e não à escolha de uma construtora contratada. O movimento "Parque dos Búfalos já" sugeriu à Prefeitura que as habitações sejam construídas em 6 terrenos próximos de corredores de ônibus, escolas, do Hospital da Pedreira e do Shopping Interlagos. Muitos deles tem dívidas de IPTU maiores que seus valores venais e poderiam ser desapropriados. Além disso, possuem capacidade para construir mais que o dobro de unidades de habitação, ou seja, mais de 7 mil apartamentos.

É possível construir casas populares e preservar a área verde da represa Billings. Basta o prefeito Haddad querer.

Por isso, vamos entupir sua caixa de e-mails para dizer que exigimos a criação imediata do Parque dos Búfalos, sem prédios! Envie sua pressão no box ao lado!

#parquedosbúfalosjá

Fontes:

[Folha TV | Haddad na mira dos manifestantes](

El País | Os soldados do Parque dos Búfalos

SPTV Globo | Projeto prevê construção de conjunto habitacional próximo a Represa Billings

Folha de SP | “Sob protesto contra obra na Billings, Alckmin abre estação na Fradique

Estadão | Sob protesto, Alckmin inaugura estação Fradique do metrô

R7 | Sob protesto, Alckmin inaugura estação Fradique Coutinho

Site da Câmara Municipal | Programa de habitação na ZS pode destruir área preservada, diz morador

Radar Municipal | Decreto nº 53.008, de 6 de março de 2012

Site da Câmara Municipal | Audiência pública será marcada

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: