Square 4aw5fjo
Esta mobilização foi selecionada por Meu Rio. Saiba mais sobre a seleção, clique aqui.

BRT Campo Grande-Alvorada, bota pra rodar!

No ar há 2 anos em Transportes e Trânsito
Square n s marca circulo
Cozinheiro da mobilização
BRT Campo Grande-Alvorada, bota pra rodar!

A implantação do BRT TransOeste, corredor expresso de ônibus que liga a Barra da Tijuca à Santa Cruz, é motivo de orgulho da atual gestão. É verdade que o BRT reduziu o tempo de viagem, mas as mudanças ficaram pela metade para a população de Campo Grande. Ainda falta a perna do BRT para o trajeto Barra - Campo Grande!

Hoje, para ir de Campo Grande até a Barra com o BRT, é preciso fazer um desvio por Santa Cruz ou pegar um ônibus alimentador até a estação Mato Alto, que não possui a infraestrutura necessária para servir como terminal de integração: não é coberta e fica em um local remoto, o que traz insegurança aos passageiros. Além disso, os ônibus que seguem para a Barra durante a manhã já chegam lotados e de tarde são constantes as longas filas, principalmente no horário de rush, já que o número de ônibus alimentadores nem sempre é capaz de atender a demanda. Ou seja, a situação atual provoca desconforto, insegurança e perda de tempo para os usuários e precisa ser solucionada!

A Prefeitura concorda com a gente: em 2011, foi desenvolvido o projeto para que o BRT passasse pelas estradas do Monteiro e do Mato Alto. O prefeito nos prometeu via Twitter (veja a imagem) que “teremos uma perna do BRT pela estrada do Mato Alto que está sendo duplicada”.

A duplicação já está pronta e a estação Maria Tereza, que seria atendida exclusivamente pela linha Campo Grande / Alvorada também, agora queremos saber quando o BRT começará a circular. Muito dinheiro público foi gasto com os investimentos iniciais. Segundo o jornal O Dia, cada estação do BRT custa, em média, R$ 1,5 milhão. Não podemos deixar que essa solução seja abandonada, pois os principais prejudicados somos nós!

Portanto, Nós de Campo Grande solicitamos a imediata implantação da linha Campo Grande / Alvorada do BRT TransOeste, passando pela estação Maria Tereza, já construída e atualmente inutilizada.

Pressione ao lado o Secretário Municipal de Transportes, Rafael Picciani, e seja mais um a dizer: - Picciani, bota pra rodar!

Deixe seu comentário