Queremos o Parque de Realengo!

No ar há quase 7 anos em Esportes e Lazer
Square 273821 100000214854229 934169320 q
Cozinheiro da mobilização
Queremos o Parque de Realengo!

Queremos a requalificação da área 3 da antiga Fábrica de Cartuchos em Realengo.

Hoje esta área está abandonada e degradada, quase em sua totalidade. Tem apenas uma pequena parte sendo utilizada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRJ). O restante da área é um imenso matagal alagado, sendo foco de ratos e possivelmente do mosquito da dengue.

Nesta área é possível instalar alguns equipamentos culturais, esportivos e educacionais já consagrados pela prefeitura como seus preferidos: Arena Carioca, Bibliotecas-Parque, Nave do Conhecimento, pistas de skate, quadras poliesportivas, academias ao ar livre como equipamentos em aço inoxidável e anfiteatros.

Tal ação revitalizaria o entorno e ofereceria ao bairro de Realengo e a toda Zona Oeste, mais uma opção de lazer gratuito.

Acesse também a Petição Pública dirigida a Presidente da República. http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR71860

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: