Senadores, aprovem a nova lei de migração

No ar há 10 meses em Direitos Humanos
Square b ssola alta
Cozinheiro da mobilização
Senadores, aprovem a nova lei de migração

O Senado está prestes a votar o texto final da nova Lei de Migração e precisamos nos mobilizar para a aprovação desse projeto.

A nova lei substitui o Estatuto do Estrangeiro, criado durante a ditadura militar e que trata os migrantes como uma ameaça para o país. Hoje, migrantes não podem participar de protestos ou sindicatos e correm o risco de ser expulsos ou presos se não estiverem em situação regular.

Você pode ajudar a acabar com essa injustiça. Junte-se a nós e peça aos senadores e senadoras a aprovação imediata da nova lei de migração em substituição ao Estatuto do Estrangeiro.

A nova lei respeita os direitos humanos, acabando com a criminalização e a discriminação dos migrantes. Ela também simplifica a obtenção de documentos, permitindo que os estrangeiros se integrem mais rapidamente à sociedade e à economia.

Um país que foi construído por pessoas de todas as partes do mundo não pode tratar a migração como caso de polícia.

MigrarÉDireito

Deixe seu comentário

Opa, não era exatamente isso que você esperava…
Mas temos uma novidade : )

Nosso querido Panela de Pressão ajudou cidadãos e cidadãs a conquistarem vitórias importantes. Por isso, decidimos ir além: estamos desenvolvendo o  BONDE - uma ferramenta ainda mais completa, com várias funcionalidades para você mobilizar pessoas em torno das causas que acredita. Tudo o que você fazia aqui, vai poder fazer no  BONDE  - e muito mais!

Em breve, o  BONDE  vai começar a circular. Enquanto isso, você pode propor mobilizações para uma das equipes locais da Rede Nossas Cidades - é só preencher o formulário abaixo:

PREENCHER FORMULÁRIO

(Como nossa equipe é pequena, a gente não pode garantir que a mobilização vá ao ar, mas prometemos que a proposta vai ser estudada com o todo o cuidado - e, havendo condições de produzir, vamos entrar em contato com você pra construirmos juntos.)

Você também pode apoiar causas que já estão no ar! Dê uma olhada nas mobilizações abertas na Rede Nossas Cidades: